Monólogo E1

21Fev16

O que eu quero dizer é que é a Humanidade pode alcançar um novo equilíbrio. Um bando de bixos está ali em qualquer lugar equilibrado com o ambiente, entre eles, com um outro bando de outra coisa. Nós estamos em uma frequência diferente do planeta. Estamos olhando para as estrelas do Universo para ver se algo explica a nossa ansiedade, o nosso ritmo de transformação… Pedalamos tão rápido por um caminho desconhecido, irregular… Como se pudéssemos um dia reagir na velocidade da luz. 

Anúncios

Monólogo B3

19Fev16

Quando a vida for suficientemente absurda, já estaremos anestesiados o tempo todo, o bastante para nossos instintos mais primitivos nos levarem de volta ao caminho. 

(Interrompe alguém do outro lado da mesa: “Alguns de nós aguardamos ansiosamente!”)


Monólogo B2

19Fev16

(Talvez logo após um casal sair da sala de jantar onde todos discutem)

Há quem busque conforto no sexo. Amparo. Amor. Mas não encontram. Quando percebem estão ainda mais presos àquilo do que fugiam. Querem libertar seus espíritos, mas acabam trancados em seus corpos. Querem a salvação da dor, mas tropeçam em direção ao fogo.

Mas continuam buscando desse jeito, drenando a própria força de vontade. E levando ao erro um outro mais.




Arquivo