Posts Tagged ‘culpa’

Enquanto as ruas exalavam o cheiro demasiado doce das castanhas maduras caídas aos pedaços, era difícil demais a arte do perdão. Ainda que fosse possível ver a beleza do gesto, não era possível tocá-la. Simplesmente não era a estação do perdão, assim nos parecia, e nem todo ano dava… Deve ser fruto raro e de ciclo esquisito. […]


Dinossauro

17Jul10

Resumo: poema sobre o que dinossauro que ainda estava lá.
Clique e abra para ler.


Resumo: Encontro com Susana Paloalto. Maria e Laura.
Abra para ler o texto.